Carta aberta ao Presidente da República Portuguesa Marcelo Rebelo de Sousa

Категорія: SOS Ukrania pt
Створено: 15 березня 2024 Дата публікації
Автор: Admin Перегляди: 1992

46A Associação dos ucranianos em Portugal pediu ao Presidente da República Portuguesa e às embaixadas dos países lusófonos (Brasil, Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, São Tomé e Príncipe, Timor-Leste) para não reconhecerem as eleições na Rússia, que violam o direito internacional e a própria constituição.

Para Sua Excelência,
Presidente da República Portuguesa
Marcelo Rebelo de Sousa

As eleições para o presidente da Federação Russa nos territórios temporariamente ocupados da Ucrânia são nada mais do que um flagrante desrespeito pela Rússia às normas e princípios do direito internacional.
Ao tentar impor, por métodos militares, partes do território ucraniano ocupado pelas leis russas, a Rússia recorre a métodos de intimidação, suborno e chantagem da população local, que não deseja participar deste teatro político pseudo-legal ilegal.
Nós, ucranianos, que por circunstâncias nos encontramos fora da Ucrânia, consideramos que a realização de "eleições" para presidente da Federação Russa nos territórios temporariamente ocupados da Ucrânia é ilegal e não terá quaisquer consequências legais.
Instamos os estados estrangeiros e organizações internacionais a absterem-se de reconhecer os resultados das "eleições" para presidente da Federação Russa no território ucraniano ocupado.
A ditadura russa há muito tempo não tem nada a ver com a democracia, especialmente com o procedimento de eleições abertas e competitivas. Vladimir Putin, que está sendo procurado pelo Tribunal Penal Internacional por suspeita de cometer graves crimes de guerra, mantém-se no poder há 24 anos não através da livre expressão da vontade do povo, mas por meio de manipulações da constituição da Federação Russa, propaganda totalitária, destruição de qualquer vestígio de competição política e violência política, incluindo o assassinato de figuras políticas independentes significativas.
A contínua conservação do regime russo agressivo e revanchista representa um desafio sem precedentes para a Europa, Ásia Central e outras regiões do mundo, onde o terror e o caos russos podem se espalhar. Ignorar isso levará a um aumento adicional da ameaça à paz e segurança internacionais.

O Presidente da Associação dos ucranianos em Portugal,
Pavlo Sadokha

O seu apoio é importante, independentemente do valor que está disponível a doarimage


88888


 ban23


Читати Українською!

Бібліотека у Португалії

R. Saco 1, 1150-311 Lisboa

85


 

Громадське незалежне
телебачення 
«Тризуб TV»

tryzub tv


 



Книга пам'яті


УГКЦ у Португалії

Розпорядок Богослужінь



Уроки португальської мови


Відеоархів Спілки:

Статистика
Перегляди статей
17148588
Лічильник

Українська рейтингова система